quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O Beijo da Flor

Você passou por mim
Eu era um botão em flor
Mas por algum motivo
Algo em mim prendeu sua atenção
Me fui enchendo de alegria por suas visitas constantes
Fui me encantando por suas cores vibrantes
E pelo movimento das suas asas
Sempre tão ligeiras
Não sei o que aconteceu
Não sei se me identifiquei com suas cores
Ou com sua energia
A explosão de vida em mim
Precisava ser dividida
Então
Desabrochei!
Mas você era um pássaro furtivo
Mas os seus efeitos já se faziam em mim
De botão virei rosa

------------------

Primeiro... Feliz dia do Psicólogo meu povo! É foi hoje em 1964 que fui regulamentada a profissão de psicólogo no Brasil! Feliz dia pra mim e pro Cabeça! Hehe. Graças a essa lei foram regulamentados os diabos que servem pra ouvir vocês e serem pagos por isso! Viva nóis!

Semana Acadêmica de Psicologia da UFPI chegando! Posteriormente trarei mais informações sobre a mesma. (Não sei a quem que lê o blog interessa ,mas como tem o povo que passa aqui e não comenta quem sabe a propaganda serve pra alguém).

------------------

Obrigado a todos pelos elogios. Espero que meus textos melhorem a cada dia (espero isso veementemente), mas como diz o Freddy “o que importa é o sentimento” então aqui ainda estarei enchendo o saco de vocês com eles! Mas por favor critiquem quando acharem que está ruim! Isso irá me ajudar a saber onde que tenho que concertar.

Oxe Milaynne deixe de história moça todo mundo é um pouco escritor ainda mais a gente que tem que fazer aqueles malditos artigos pra faculdade ¬¬. Mas enfim tudo que é feito com sinceridade e sentimento tem valor!

Hehe também tenho essa mania Hermes. De materializar as coisas que leio. Sabe que pensei em acabar ali mesmo a poesia? Só fiquei achando que ficaria muito perdido, faltando um desfecho. Quanto às flores... Também não sou muito fã das artificiais mas como disse é melhor que ficar matando as pobrezinhas, além do fato que as de verdade não duram tanto (dependendo da flor). Sim há algumas que realmente imitam bem as de verdade ‘-‘. Comprei uma que uma amiga veio até me perguntar se era de verdade. Essa de que ela falou comprei até aí, pergunta pro Carlim onde é a loja que ele sabe. E sobre os comentários grandes como já havia lhe dito eu gosto deles! Hehe por mim pode deixá-los assim! Na verdade me sinto como se tivesse prendido a atenção da pessoa pra ela ter mais vontade de escrever. E o meu problema é posts grandes demais. Agora eu que pergunto, é ruim? Hehe.

Até hoje tu não me respondeu o que tu tinha pensado, Carlim ¬¬. Me deves a resposta ainda!

Hahai! Quanto a ela ser samba acho que cês têm razão tava lendo pensando nela dessa forma num é que parece mesmo. Veremos posteriormente o que dá !

Tudo bem Paulo Henrique! Se preocupe não!

------------------

No player: Nadinha só o som do ventilador mesmo.

10 comentários:

Um poeta cronista cantador de contos disse...

Que poesia! Bela, muito bela! Adorei!

Parabéns pelo teu dia!

Thiago César disse...

axo q jah sei qual foi a inspiração...
:P

Hermes disse...

Cara novo no blog de quinta(sim, de novo) adicionem, por favor, ele já fez o mesmo!
http://visoesnaareia.blogspot.com/

Hermes disse...

Ah, e o nome é Marcelo Almeida.

Paulo Henrique Passos disse...

"axo q jah sei qual foi a inspiração...
:P" (2)

Nunca tinha pensado, mas lendo os versos agora, me pergunto: nesse relacionamento entre pássaro e flor, quem é mesmo que dá o beijo?
Será o pássaro que, aproveitando a alimentação, maliciosamente...? Ou será a flor que, quietinha no lugar dela, espera o inocente pássaro e...?

CA Ribeiro Neto disse...

"axo q jah sei qual foi a inspiração...
:P" (3)

Passaro furtivo... heurhuehruehrueh

Hermes disse...

Essa poesia é muito linda!!! hdusahdusahdsa, to sempre me identificando com os teus textos aqui. Fiz uma mais ou menos assim, mas nem lembro onde tá, para a minha Florzinha, onde eu a regava com o amor. Eu não posso comentar esteticamente esse poema, nem com teorias literárias, mas como todos nós já falamos, o que importa é o sentimento, e ele escorre em cada verso dessa sua poesia. Que pássaro safado esse, furtivuzim, todo mineiro. kkk

Mehazael disse...

Oi, e obrigado pelo comentário. Demorei a comentar aqui pq achei q vc fosse postar algo na quinta, aí decidi esperar. E depois disso a minha internet caiu, e fiquei desde sexta sem rede. Aí viu, até consertar...
hehehe

Primeiramente, achei o final do poema muito bonito, mas o início, pela minha impressão, está mais para "prosa em verso", parecido com Drummont. Não sei se é pq falta um pouco mais de sonoridade ou simplesmente pq o tipo de texto tende mais para este lado, mas foi o que me chamou a atenção (e, como eu disse, achei o final lindo. Esse sim tá 10!)

E parabéns pelo dia. O primeiro vestibular que eu fiz foi para psicologia (mas não passei), fora que é algo de que eu gosto muito. Agora que eu faço letras, leio mais coisas por mim, mesmo. Mas é tudo tão complicado...
Qualquer coisa ponho a culpa na mãe! hehehe

Então, obrigado por ter taõ bem me recebido. Beijos, e continue postando coisas belas ;-)

Freddy Costa disse...

Dia do psicólogo, é... rsrsrs
Enfim, suspeito que manjo um pouco de pássaros e flores, acho que senti bem o que vc sorriu em poesia...

CA Ribeiro Neto disse...

De novo sem postar?